Acompanhe o que foi debatido na 16ª Sessão Ordinária do 2º período legislativo de 2018

Câmara Municipal de Morada Nova. Poder Legislativo 16ª Sessão Ordinária do 2º período legislativo de 2018

A sessão começou sob a presidência do vereador Jorge Brito, o qual, depois de evocar a proteção divina, declarou abertos os trabalhos. Jorge propôs que todos ficassem de pé para, juntos, entoarem o hino do município e, após um minuto de silêncio em favor das pessoas falecidas na semana, em solidariedade aos seus familiares, o presidente passou a palavra para o primeiro secretário, vereador Marcos Aurélio, para que o mesmo fizesse a leitura da Ata da sessão anterior e do expediente do dia.

Grande Expediente:

Vereador Cláudio Maroca, iniciou sua intervenção saudando profissionais do rádio pela passagem de seu dia, reconhecendo a importância destes no seu cotidiano ao levar informação a sociedade, sendo estes responsáveis pelo elo de ligação entre a política e as pessoas que resíduos nos pontos mais distantes, justificando assim a relevância social desse trabalho, em seguida destacou a Ação Cidadã acontecida na região de Aruarú, que foi o Outubro Rosa e agora o Novembro Azul (campanha da próstata), reconhecendo a importância, tendo em vista que a cada 5 homens acometidos de câncer (na próstata), 3 vão a óbito segundo afirmou.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou seus profissionais para realização de 120 exames de PSA grátis, na oportunidade também foi realizada a campanha de atualização cadastral do SUS, o trabalho continua no Polo de Saúde daquele distrito, Maroca lamentou não está presente, tendo em vista seu compromisso na sessão da Câmara, todavia, afirmou que seus colaboradores estivera dando todo apoio possível na realização dessa tarefa, o vereador socializou que manteve contato com a Secretária de Saúde, solicitado a disponibilização de equipamentos que possam dar mais eficiência no atendimento nos plantões, afirmando que está sendo disponibilizado um Autoclave e destacou a importância do referido equipamento, por essa razão agradeceu.

Cláudio destacou, ainda, que está indo pessoalmente a SEINFRA solicitar agilidade na conclusão da recuperação das estradas, especialmente dos assentamentos: Amazonas, Água Doce e comunidade de Patos, bem como de outras localidades, sugeriu ao prefeito Vanderley Nogueira através do seu líder na câmera, para que este possa montar uma equipe de projetistas especialmente para elaborar projetos de recuperação dos bueiros “eu vou procurar os meus Deputados que votei, pois, nossas estradas precisam ser recuperadas” Maroca apelou que os demais colegas vereadores, façam o mesmo, pois, entende que essa ação beneficia principalmente o Homem do Campo.

“Quando adoeci um familiar e precisa se deslocar até a sede onde tem atendimento, a dificuldade, só sabe quem passa”, disse, o vereador que é da bancada de situação manifestou sua preocupação no tocante à saúde financeira do município, afirmou que esteve conversando com o prefeito de Pacajus esse manifestou sua preocupação neste tocante, disse ainda, que Morada Nova no mês de setembro teve queda de 11,4% no repasse do FPM, se dizendo preocupado com essas últimas as três folhas (novembro, dezembro e 13º salário), que o prefeito Vanderley Nogueira tem à apagar e assim fechar o ano de 2018.

Maroca disse “O servidor merece receber em dia os seus vencimento” falou também que o prefeito Vanderley Nogueira manteve contato com o Deputado Guimarães no sentido deste viabilizar emenda e assim, contornar o problema supra, o parlamentar observou que os municípios estão nesse sufoco, pois, os grandes Convênios junto ao governo federal, não estão sendo honrados, destacou, ainda, seis anos de estiagem, “estou sendo justo em reconhecer, porque somos homens e mulheres que nos preocupamos, reconhecemos que o transporte escolar está atrasado em seu pagamento, sabemos do compromisso dos donos de veículos, mas, a gestão está tentando fazer a sua parte, basta observar no Portal da Transparência”.

Cláudio fez questão de frisar “não votei do presidente eleito, mas, desejo que ele dialogue com o congresso e viabilize melhorias para o nosso povo”. Finalizou.

Vereador Geovan Barbosa, o parlamentar aproveitou um dos destaques do colega que o antecedeu (Maroca), e cobrou a conclusão da recuperação das estradas afirmando que “90% falta ser concluída, o povo diz que o prefeito tem máquinas, tem combustível e não entendi porque não faz” o vereador citou problemas na coleta de lixo, reconhece que o transporte escolar está se regularizando “o grupo Aruarú a Hora do Povo fez uma manifestação reivindicando segurança pública, foi inaugurado a delegacia e nada, o RAIO sempre tem passado por lá, melhorou, mas, tem também os abusos de poder, um cidadão teve seus ouvidos estourados em uma abordagem do RAIO”.

O vereador assegurou “os carros de som continua sem controle, inclusive houve um homicídio e uma lesão corporal na praça do Aruarú, o Governador melhorou a segurança do Estado do Ceará, mas, no Aruarú não, o RAIO tá indo lá só para bater nas pessoas, não tá certo” o parlamentar que é da bancada de oposição, destacou que a  ambulância está sucateada “não tem ar condicionado, o paciente corre o risco é de piorar, transportado naquelas condições”.

O parlamentar reconhece que o atendimento na saúde melhorou, mas, falta muito “vamos falar com o Deputado Antônio Granja sobre esse assunto”, agradeceu ao prefeito Vanderley Nogueira por ter atendido seu pedido e construído o bueiro que era uma reivindicação sua há mais de 20 anos e agora foi feito, aproveitou para dizer que está levando outras reivindicações. Concluiu.

Vereador Teim, depois de cumprimentar os colegas, fez referência a fala do vereador Cláudio Maroca, no tocante a recuperação de estradas, reconhecendo o esforço do prefeito em mandar passar a Patrol, mas, “isso não resolve, melhora apenas por alguns dias, o ideal  é colocar revestimento” aproveitou para socializar que está tentando junto aos seus parceiros políticos, verba para piçarrar a estrada do Dourado antes do inverno.

Teim lamentou que mesmo tendo passado a eleição, as brigas nas redes sociais continuam, “vamos aguardar, não vamos avaliar um governo que ainda nem assumiu, solicitou que os parlamentares observe a proposta da reforma da Previdência e o fim do Ministério do Trabalho” crítico ao aumento de 16,38 % para o judiciário e um pouco mais de 1,0 % para o salário mínimo, “em Morada Nova apesar das dificuldades, Prefeito Vanderley e os vereadores estão fazendo o dever de casa, todos trouxeram emendas”, o vereador que é da bancada de situação disse temer que no próximo ano não tenha esse aporte financeiro extra, se referente às emendas parlamentares.

Teim destacou a realização de um curso de panificação acontecido na região de Dourado, parabenizou a equipe, as pessoas que participaram da capacitação, socializou que esteve na SDA solicitando agilidade na instalação dos Poços que foram perfurados, pois, a carência d’água se acentua, o parlamentar disse, ainda, que esteve na Agência de Defesa Agropecuária – ADAGRI, acompanhado do deputado estadual Audic Mota, onde, na oportunidade solicitou REFIS para os agricultores que estão inadimplentes junto àquele órgão fiscalizador, justificando para isso, os seis anos de estiagens enfrentado nos últimos sete anos.

O vereado acredita nessa possibilidade, pois, o governo concedeu descontos\perdão de multas junto ao DETRAN, considerando viável o benefício também para o homem do Campo, apelou aos colegas vereadores para que votem favorável ao requerimento de sua autoria, solicitando ao prefeito Vanderley Nogueira a pavimentação do acesso à escola Osmira Castro, mesmo sendo estadual, o vereador entende que o prefeito tem respaldo político junto o governador Camilo. Finalizou.

Vereador Dr. Narcélio, em sua primeira abordagem, criticou duramente a gestão Vanderley Nogueira, afirmando “vou falar da irresponsabilidade dessa gestão, já fiz denúncias em defesa dos Garis, pois, a empresa fica enrolando e não assina a carteira deles, quando digo que essa gestão é irresponsável não estou mentindo” o vereador em outra oportunidade, denunciou e a empresa contratada pela prefeitura, responsável pela limpeza da cidade que não está cumprindo a legislação trabalhista, razão pela qual mais uma vez trouxe esse assunto, a Tribuna, afirmou.

Mantendo sua linha crítica “a vereadora Bia conseguiu verba para o posto de saúde da Lagoa das Carnaúbas e a obra está parada, o que se vê é a total paralisação, a UPA, o mato está tomando de conta por falta de iniciativa do prefeito, eu acho que ele está atrasando a conclusão do posto para não contratar profissionais” seguindo sua linha “os prefeitos anteriores não prestavam na boca de alguns e o governo da mudança tá fazendo mesmo” disse Narcélio em tom de ironia, “isso não é surpresa, na Lagoa das Carnaúbas passou uma semana sem transporte escolar, foi pago uma parcela, se o carro quebrou, a empresa tem que ter outro de reserva, votamos a Lei dos bolsistas, onde, afirmavam que tinha dinheiro, bastava ser aprovado nessa casa, muitos deixaram de ir porque não estão recebendo”

Nessa abordagem o vereador refere-se aos bolsistas universitários que auxiliam os professores em sala de aula, o vereador que é da bancada de oposição, voltou a afirmar que a arrecadação não caiu, “quando faz o somatório do valor orçamentário com o Extra orçamentário, percebe-se que aumentou” Narcélio destacou, ainda, dizendo que obras estão sendo feitas em Morada Nova, mas, todas são originárias do Governo do Estado, “as obras do município estão paradas, em 2012, só se falava na construção da UPA, agora não se preocupam em equipa-la”.

Narcélio defende que o equipamento deve ser colocado em funcionamento, pois, entende ser de extrema necessidade “foi gasto milhões com estradas”. Finalizou.

Vereadora Raquel Girão, assumiu a tribuna rebatendo as críticas do vereador Narcélio, disse lamentar a forma distorcida, irreal abordada pelo colega, destacou as obras de recuperação de várias escolas do município, com destaque para a Escola Modelo que há mais de 16 anos estava parado, “a Escola Modelo está sendo ressuscitada, hoje Morada Nova está sendo visto, pois, se essa gestão não estivesse fazendo, não estaria recebendo essas obras”.

Raquel destacou a conclusão Hospital Regional de Morada Nova, afirmando que trabalhou naquela unidade, o problema é histórico, reconheceu que o ex-prefeito no início da gestão, contratou alguns especialistas, todavia, não deu continuidade “hoje temos várias especialidades, tenho a impressão que as pessoas julgam o presente sem observar o passado, a perna do H (essa referência é porque hospital tem o formato da letra H), está sendo concluída”.

A vereadora que é da bancada de situação, esclareceu que o prefeito Vanderley está fazendo o repasse da compra de medicamentos ao governo do estado, mas, este está atrasando a remessa dos remédios, a parlamentar disse, ainda, que muitos cobram o serviço sem considerar que o município precisa ter saúde financeira “reclamam da situação dos médicos cubanos, mas, não cumpre o horário de trabalho (nessa observação Raquel sugeriu nas Entrelinhas que o vereador Dr. Narcélio que é servidor Municipal, é relapso no comprimento de horário, visto que atende em posto de saúde), existem, dificuldades, sim, mas, as coisas estão acontecendo” disse, a Edil afirmou que as secretarias de esporte e cultura, onde, muitos não quer assumir por falta de orçamento, é notório o destaque nessas áreas.

Quanto às estradas também abordadas pelo colega da oposição, Raquel assegurou que o investimento foi feito e a população reconhece, “há 12 anos não eram feitas, bater palmas para o que está errado eu não bato”, a vereadora socializou que esteve na SOHIDRA para solicitar a instalação dos poços que foram perfurados em Morada Nova, disse que em conversa com Wanderlei Guimarães, diretor do órgão responsável, este afirmou que já era para empresa ter realizado esta tarefa, Raquel qualificou como cruel esse atraso tendo em vista a carência hídrica que estamos passando.

A vereadora disse também que esteve no Instituto Federal do Ceará – Campus Morada Nova dialogando com a equipe responsável pela coleta seletiva, objetivando implantar essa atividade de forma sistemática, estavam presentes alunos que já entendi que deve ser envolvidos outros órgãos, pois, a Lei diz que a sociedade é responsável pelo destino adequado do lixo que produz. Arrematou.

Vereador Neto da Sinuca, após cumprimentar os colegas, o público em geral, parabenizou os Radialistas pela passagem do seu dia, socializou que esteve visitando a escola Tenente Terceiro Chagas, que em sua compreensão a estrutura está boa, pois, foi reformada em 2014 (na gestão passada), porém falta concluir os banheiros, “solicito que seja colocada as portas, visto que tonto os destinados as meninas quanto os das meninos ficam muito próximos”, o vereador afirmou que são 392 alunos usando os banheiros nestas condições, já a escola Ana Clara, também visitada pelo vereador comporta 480 alunos conforme afirmou o parlamentar, não apresenta acomodações adequadas para os alunos se quer sentar durante os intervalos, a comunidade acadêmica cobra a cobertura da quadra, Neto disse ainda, que há muito a escola não recebe visita de nenhuma autoridade, também apresenta avaria no telhado, muito entulho, “numa de manhã dá para fazer a limpeza, tando certo, tá, não tando, não tá” disse.

O vereador que é da bancada de oposição, afirmou “a creche do Bairro Dois de Agosto está bonita graças ao esforço dos pais de alunos e professores que se mobilizaram, porém, faltam as portas dos banheiros, são 201 criança atendida”, Neto afirmou ainda, que as árvores da referida creche precisam ser podadas, denunciou que nas mediações do presídio, “o mato tá tomando de conta”, tem um canal fluvial naquelas mediações, “foco de insetos e a sujeira poderá provocar doenças na população” voltou a falar de suas visitas, dessa feita na escola da Girilândia, disse que mesmo com a previsão dos alunos serem transferidos para Escola Modelo, precisa o mínimo de manutenção.

Neto ainda, se referindo ao Bairro Dois de Agosto afirmou que o mato está “tomando o meio-fio das principais ruas, calçamento com pedras soltas precisa ser consertado, “o DEMUT toda hora tá multando o povo, mas ninguém vê os garis nas ruas nem outro serviço sendo feitos” ironizou, o vereador que é da bancada de oposição, destacou que a fundação São Lucas “é a campeã em atendimento em Morada Nova, atende uma média de 5 mil pessoas por mês”, sugeriu que a prefeitura firme convênio para contratar mais médicos, “Seria muito bom que a UPA fosse concluída, ontem não teve carro para levar os pacientes pra Fortaleza, as pessoas vêm das Comunidades as 3 horas da manhã, chega aqui, não tem carro, ninguém avisa, acaba perdendo a consulta” afirmou,

Neto denunciou que o carro pipa não está botando água nas comunidades “desde setembro o secretário promete, minha esposa vai lá e não resolve” Concluiu.

Vereador Jorge Brito, depois de cumprimentar os colegas, o público de uma forma geral, informou que o diretor do Departamento Municipal de Trânsito encaminhou ofício ao legislativo comprometendo-se com a instalação de redutores de velocidade nas comunidades de Sítio Tapera e Caraúbas, disse ainda, que será realizada em tempo hábil, ainda, respondendo a reivindicação do vereador Jorge, o diretor da autarquia de trânsito esclareceu que tecnicamente é inviável colocar semáforo na Rua José Epifânio, no cruzamento proposto, visto já existir outro sinal luminoso muito próximo, mesmo assim, irá tomar providências no sentido de reduzir o excesso de velocidade na referida via.

O vereador destacou a importância da campanha Novembro Azul, lembrando que o exame de sangue (PSA), não substitui o toque, e, mesmo ainda havendo grande resistência por parte dos homens para fazer o exame da próstata, esse tabu deve ser superado. Jorge sugeriu que seja contratado um especialista pela secretaria de saúde para encaminhar os pacientes que tenho feito exame de sangue (PSA), e que por alguma razão tenha dado alterações na glândula.

 

Outro assunto de relevância destacado pelo vereador Brito, foi no tocante a via de acesso entre o NH- 3 e o Distrito de Pedras, segundo mesmo, é necessário construir uma ponte naquele trecho, pois, em período chuvoso a população fica prejudicada, inclusive os alunos que estudou na Unidade Escolar das Pedras, Jorge declarou que foi procurado por muitos agricultores buscando informações sobre o Seguro Safra, disse ainda, que, conforme informações da EMATERCE e outros órgãos responsáveis, ainda não divulgaram o laudo técnico e que, para que o benefício seja liberado, necessário se faz a constatação de precipitação pluviométrica abaixo de 50%.

Como nada mais havia a ser debatido, o presidente Jorge Brito amparado pelas prerrogativas legais que o confere, declarou encerrado a 16ª Sessão Ordinária do 2º Período Legislativo de 2018 da Câmara Municipal de Morada Nova Ceará.

Por: Marcos Freitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

×